Todos os posts de Assis Dutra

Seriedade e respeito naquilo que faz

Bravos Miguel-alvenses buscam a vida em terras distantes

Em Miguel Alves há uma tradição dos seus filhos jovens, que ao atingirem a maior idade e de posse dos documentos pessoais vão embora, deixando o berço amado e o aconchego da família, porque o município não oferece oportunidade de trabalho que contemple a todos. Muitos são filhos de agricultores que desanimados com a roça e encorajados na fé que nunca costuma falhar, viajam pelas longas estradas que unem centro-oeste, nordeste, norte e sudeste, onde estão os grandes centros capazes de oferecem as oportunidades que todos almejam. E se vão muitos todos os anos. Antonio, Raimundo, Pedro, José, João, Francisco, Miguel, Maria, Conceição, Benedito, Manoel… São os viajores da esperança. Eles sonham chegar lá, lutar e vencer. E um dia voltar pra visitar o solo amado e abraçar os seus familiares e amigos. Voltar a morar definitivamente em Miguel Alves é uma ideia que já não faz mais parte dos planos de muitos, contudo não escondem que de vez enquanto a saudade, companheira certa, aperta o peito e faz as águas dos olhos começarem a cair.

Para enaltecer o destemor desses viajores miguel-alvenses, principalmente daqueles que saíram da zona rural de Miguel Alves, sem nome, sem fama, apenas com a fé e a coragem de seguirem  em frente e construir a vida dos seus sonhos em outras paragens, utilizamos redes sociais, facebook e whatsApp e assim conseguimos localizar alguns conterrâneos e conversar com eles para saber um pouco da sua vida, para, em seguida produzir esta matéria. Não falamos com todos, porque são tantos os filhos da “Terra do Arcanjo.” Falamos apenas com alguns.Vejam os depoimentos sucintos de cada um nesta primeira matéria de uma série que pretendemos produzir sobre os bravos Miguel-alvense em busca dos seus sonhos.

10608868_690794540995885_532551997_nThuliano Gomes: filho da professora Rosa Maria. Um jovem que deixou Miguel Alves com 19 anos. Hoje Thuliano tem 29 anos de idade, está há 10 anos em São Paulo. Na capital paulista ele conseguiu conciliar trabalho e estudo, razão pela qual hoje é formado em analista de sistema em T. I., mas atualmente trabalha em uma empresa de eventos, (chamonix buffet) onde ocupa o cargo de maitre e barman faz 5 anos. Sobre a possibilidade de voltar a morar em Miguel Alves, Thuliano foi sincero ao afirmar: “Jamais vou falar dessa água não beberei, mas pelo fato de nossa cidade não ter muita oportunidade para população, não penso em voltar a morar aí em M. Alves”. Perguntado se sente saudade de M. Alves, Thuliano não conteve a emoção e desabafou: “Saudade?? Nossa! Todos os dias penso na terrinha,  nas minhas raízes e no meu povo sofredor que por guerras políticas sofrem sendo intermediário dessa briga inacabável, que não muda a realidade da nossa querida terra”.

1044640_215600071928160_1071159904_nAntonio Goms de Sousa – desde 1997 mora em  Santo Antonio do Descoberto – GO,  entorno de Brasília.  Trabalha até hoje como pedreiro. Até que pretendia voltar a morar em Miguel Alves, mas como as filhas constituíram família lá acha praticamente impossível pegar o caminho da volta para a sua terra. A saudade bate, a vontade de rever a terrinha, parentes e amigos sempre existe, principalmente em setembro, nos festejos de São Miguel Arcanjo. Mas graças a Deus estou bem.

Netto Rabelo – deixou o lugarejo Buenos Ayres município de Miguel10602610_903464353002642_1332896893_n Alves em 1993  com destino a Brasília, levando consigo a esperança de conseguir mudar de vida. Foi morar em Santo Antonio do Descoberto a 40 km de Brasília. Netto conta que trabalhou como ajudante de obras e hoje é encarregado numa empresa da construção civil há seis anos. Visita a sua terra todo ano em maio, oportunidade que tem para matar a saudade dos familiares e dos amigos. Aos 43 anos de idade, Netto diz que não pensa em voltar “pois já tenho tudo que não tive aí, casa, carro e um bom trabalho que lhe permite ter condições de viver bem com a sua família, graças a Deus com uma vida estabilizada.”

1185213_286226344863427_123312923_nEvilásio da Silva Dias – filho do Sr. Luizinho Sapateiro. Saiu de Miguel Alves ainda muito jovem com destino a São José dos Campos – SP, há 18 anos. Trabalha em uma empresa de segurança, é casado e foi enfático em dizer que não tem pretensões de voltar a morar em Miguel Alves, apesar da saudade que sente.

1795683_299915510181480_2834649998050524327_nConceição Marques – filha de Dona Jesus e Decim Tôrres. “Estou em Feira de Santana há 22 anos e sou autônoma comerciante autônoma do ramo de alimentos mercado de carne fresca. A labuta começa cedo, mas a recompensa é gratificante. Voltar pra Miguel Alves? Infelizmente não! Pelo fato de ter enraizado em feira de 1521338_299914353514929_1216609712463735202_nSantana Bahia e também pelo fato de poder explorar as oportunidades que a vida tem me dado aqui em Feira. No inicio ela conta que tudo foi muito difícil, mas com muita dignidade, humildade e muita força de vontade de vencer. Conseguimos com muito esforço!!!!! Hoje posso dizer que vencemos….. E a saudade da terra natal, sente? Muita saudade nossa.., quando eu for passear ai quero dormir muito pois ai e muito tranquilo, estamos programando pra setembro pois quero matar a saudades dos festejos de São Miguel Arcanjo eu e minha mãe, dona  Jesus, que mora também em Feira de Santana-BA”.

10609170_10201706490582922_46694714_nFigueror Ribeiro Melo – um dos viajores mais recentes. Deixou Miguel Alves em maio de 2013, levando consigo a esposa e um filho, além da esperança de vencer lá na grande São Paulo. Mora na cidade de Louveira, região de Campinas.  Conta que deixou Miguel Alves pra ir em  busca de melhor oportunidade de trabalho. E conseguiu. Trabalha como auxiliar Logístico na TNT Express (empresa holandesa, uma das maiores do mundo no ramo). Relata que está gostando da cidade, devido a qualidade dos serviços públicos oferecidos, bem como da empresa que possibilita boas condições de trabalho. Figueror disse que quando chegou na cidade encontrou muitos miguel-alvenses,  amigos de infância que estão lá há 5, 8, 10. Perguntado se tem planos de voltar a morar em Miguel Alves, Figueror foi enfático: “permitindo Deus, pretendo retornar ao Miguel Alves, tão logo tenha condições de montar meu próprio negocio.”

José Nascimento Pereira – filho do Sr. Louro Pereira do São Simão. A10157287_569523649829185_8690597289332876656_n exemplo dos irmãos mais velho.  Saiu de Miguel Alves rumo a São Paulo em 1990 em busca de oportunidade de trabalho. Mora atualmente em Hortolândia-SP. Trabalha como supervisor administrativo de uma construtora portuguesa. José Nascimento foi um dos poucos que afirmou ter planos de voltara a morar em Miguel Alves e poder participar ativamente da vida de sua terra natal, pois tem pretensões políticas.

574619_547674678672815_2016699153_nFalcony Dutra - um jovem que cedo trocou a vontade de estudar pela disposição de trabalhar, como em Miguel Alves não havia mercado de trabalho, atendeu ao convite de colegas e parentes que já residiam em São Paulo, e se foi, deixando os seus pai, Francisco Dutra e Fia chorando. Mas a a vontade de vencer fez com que Falcony vencesse o medo e a saudade da terrinha e da família. Hoje ele mora em Hortolãndia – SP, trabalha como almoxarife na empresa Pirelli. Casou-se com a miguel-alvense Bárbara Portela, sua ex-colega de sala de aula, com quem tem um filho. Bárbara trabalha na empresa Sansung Electronics.

Francisco Rangel – mora e trabalha em Santana de Parnaíba-SP. É  operador de maquina de dobra e corte há  4 anos. garante que no final do ano estará voltando para matar a saudade.

Veja a seguir uma relação de filhos de Miguel Alves que hoje moram e trabalham em Louveira-SP, com informações de Figueror Melo, direto de Louveira-SP, colaborando com esta matéria:

  1. José Rabelo(Didi)
  2. Dhany Marques
  3. Dhony Marques
  4. Erica Daniele
  5. Rosangela Lima
  6. Maria Luiza Brito
  7. Francisco Lima (BOBO)
  8. Alberto Pereira (Beto)
  9. Antonia Barbosa
  10. Danilo Damasceno
  11. Domingas Rabelo
  12. Leane Cardoso
  13. Leonardo Ribeiro
  14. Raimunda Borges
  15. Lenilson Costa
  16. Irysnaia Costa
  17. Antonio Pinho
  18. Emerson Carvalho
  19. Mauro Santos (Cochinha)
  20. Ernandes Filho
  21. Luciane Vaz
  22. Dheilane Correia
  23. Rose Duarte
  24. Francisco Rocha Costa
  25. Fredson Mendes
  26. Aliciane Beatriz

No próximo final de semana publicaremos  Bravos Miguel-alvenses II, que destacará outros miguel-alvenses  que moram em Brasília, Manaus, Palmas, Recife, Rio de janeiro, dentre outros estados.

Deu no O Globo: Top brasileira estrela campanha da Victoria´s Secret

A top brasileira, Lais Ribeiro, que nunca devemos cansar de dizer que é miguel-alvense, estrela a campanha da Victoria’s Secret. Natural de Miguel Alves – Piauí, Laís Ribeiro vem ganhando cada vez mais espaço na Victoria’s Secret. Tanto que acaba de rodar um comercial para a grife de lingerie. O filme deve ser exibido no último trimestre. Nele, Laís exibe sua boa forma e usa até asas /DIVULGAÇÃO.

As fotos foram feitas num dia ensolarado, em Long Island. “A locação era linda e o sol estava brilhando. Ainda bem. Trabalhar usando lingerie em dias frios não é fácil”, disse Laís/ DIVULGAÇÃO

Veja as fotos em destaque no O Globo, edição desta quarta-feira, 20/08/14

3jpg

Foto: OGlobo

4jpg (1)

Ex-prefeito de M. Alves é denunciado à Justiça federal

Veja na íntegra a matéria publicada pelo Portal GP1, por Jociara Luz,  hoje, (terça-feira) 19/08/2014, às 16:34h.

A ação penal foi autuada no último dia 13 de agosto e tramita na 1ª vara federal, sob a responsabilidade do juiz Francisco Hélio Camelo Ferreira.

Foto: Portal GPI
Foto: Portal GPI

O Ministério Pùblico Federal, por meio do Procurador Wellington Luis de Sousa Bonfim, denunciou à Justiça Federal o ex-prefeito da cidade de Miguel Alves, Valter Sá Lima, o Dr. Valter, por crimes de responsabilidade.

Juntamente com Dr. Valter, Armando de Oliveira e Silva Filho, dono da empresa Sociedade Libra Distribuidora que teria sido favorecida, também foi denunciado.

 De acordo com a denúncia, o ex-prefeito teria desviado recursos, em 2006, oriundos do convênio (1.0283.00/2005) celebrado com o Ministério da Ciência e Tecnologia em favor da Sociedade Libra Distribuidora (Lei 201/97 inciso I). Alguns dos equipamentos adquiridos não foram encontrados durante revista em 2008, e Dr. Valter ainda teria superfaturado preços em benefício de Armando Filho.
Ao apresentar defesa, o ex-gestor argumentou que todos os equipamentos foram devidamente entregues e que o mercado não segue lógica matemática.
Foi determinado ainda a citação dos acusados Válter Sá Lima e Armando de Oliveira e Silva Filho para responder à acusação formulada, no prazo de 10 (dez) dias.
Aguenta o baque Miguel Alves!!!

1ª Mão: obra da avenida Marcos Furtado é iniciada em M. Alves

Depois de muitas reclamações feitas pela população, depois das críticas e cobranças feitas, pelo visto  o trecho esburacado da avenida Marco Furtado,  na entrada da cidade  de Miguel Alves será restaurado. Na manhã desta terça-feira (19) as máquinas começaram a fazer o serviço de nivelamento das duas vias para serem asfaltadas. A empresa responsável pela reconstrução da avenida é a Lomeq Construtora. As informações foram repassadas por nosso correspondente J. A, direto da avenida Marcos Furtado às 11:42h, via whatsApp. Por falha na net não foi possível o envio das fotos das máquinas trabalhando. Ficamos no aguardo.

Foto de reprodução - mostra a situação deplorável de parte da avenida Marcos Furtado
Foto de reprodução – mostra a situação deplorável de parte da avenida Marcos Furtado

A obra é fruto da parceria do governo do estado, através do Departamento Estadual de Estradas e Rodagem – DER e a prefeitura de Miguel Alves. De acordo com o DER-PI a pavimentação asfáltica da Marcos Furtado faz parte das obras de mobilidade urbana que o governo do estado está construindo em todo o estado. A expectativa do DER é concluir as obras de mobilidade urbana em Miguel Alves em outras cidades onde as mesmas estão em andamento até o final do mês de setembro.

Matéria atualizada às 15:52:

Pela manhã divulgamos com exclusividade o início do serviço de reconstrução de um trecho da avenida Marcos Furtado, porta de entrada de Miguel Alves, de quem chega na cidade pela PI 112.  Como é de costume, procuramos ter uma foto de momento da obra citada na matéria, no entanto, isto não foi possível por causa de problemas da internet da pessoa que me repassou a devida informação por volta das onze horas e alguns minutos. Postamos uma foto antiga para ilustrar a situação em que se encontra a avenida.

Pois bem, hoje a tarde recebemos via whatsApp, uma foto que mostra realmente que a obra teve início. Agora fica a expectativa de todos para vê-la concluída nos próximos dias, haja vista que se trata de um trecho não muito extenso. Veja a foto enviada pelo colaborador do nosso blog J.A. Martins:

Inicio da recuperação de trecho da avenida Marcos Furtado. Foto de J. A. Martins, em 19/08//2014
Inicio da recuperação de trecho da avenida Marcos Furtado. Foto de J. A. Martins, em 19/08//2014

Wellington Dias faz campanha em Miguel Alves

Na manhã desta segunda-feira, 18,  o candidato a governador do PT, pela Coligação “A vitória da força do povo” senador Wellington Dias e a vice, deputada Margarete Coelho, além do candidato ao senado Elmano Ferrer (PTB), cumpriram agenda de campanha na cidade de Miguel Alves. A comitiva petista, composta também por candidatos a deputado estadual e federal, foi recepcionada na cidade pelo candidato a deputado estadual Oliveira Junior (PTB).

A concentração inicial da militância da coligação oposicionista  aconteceu na Praça do INSS, de lá candidatos e militantes saíram em caminhada pelo centro da cidade, oportunidade em que W. Dias visitou a feira e o comércio da cidade e aproveitou para expor suas propostas de governo em concentração que aconteceu no centro comercial  da cidade.

10394493_530996087030717_8835381011785401001_n
Foto: Facebook/Ana Célia
10600525_530993917030934_3294058318308079898_n
Foto: Facebook/Ana Célia

Os demais candidatos ao governo do estado, Zé Filho (PMDB) Mão Santa (PSC) Maklandel Aquino (P Sol), Daniel Solon (PSTU), Lurdes Melo (PCO) e Neto Sambaíba (PPL) também cumpriram agenda de campanha na manhã desta segunda feira (18), na capital e no interior do estado.

Com 21% no 1º turno, Marina empataria com Dilma no segundo turno

Marina Silva entra na disputa para presidente da república com 21% das intenções de votos. Este é o resultado da pesquisa Datafolha , divulgada nas primeiras horas desta segunda-feira, 18, no Uol Notícias. Segundo o Datafolha, Marina larga em segundo lugar na corrida presidencial, um ponto à frente de Aécio neves (PSDB) – que os coloca em condições de empate técnico – e quinze pontos atrás da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição do PT.

A Pesquisa Datafolha faz uma simulação para um segundo turno das eleições. Numa disputa entre as duas mulheres, Marina numericamente à frente de Dilma com 47$ das intenções de votos, enquanto a presidente aprece com 43%, configurando assim um empate técnico nos limites da margem de erro, que é de dois pontos percentuais  para mais ou para menos.

Contra Aécio neves, Dilma venceria o segundo turno por 47% a 39%. Neste caso, os oito pontos de diferença representam uma ampliação da vantagem da petista, considerando que em julho o cenário  era de 44% a 40% (empate técnico).

O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios nos dias 14 e 15 de agosto.

O nome de Marina Silva será oficializado quarta-feira (20) pelo PSB como candidata a presidente, com a morte trágica de Eduardo campos, de quem Marina era vice.

FONTE: UOL NOTICIAS
FONTE: UOL NOTICIAS/  RICARDO MENDONÇA DE SÃO PAULO -ÀS  00h30′

 

 

 

 

Pelo resgate do SOREMA

A Sociedade recreativa Miguel-Alvense – SOREMA, clube social fundado no ano de 1974, (não lembro precisamente o mês) por uma iniciativa de um grupo de famílias, lideradas pelo senhor Miguel Borges, foi uma das mais expressivas iniciativas da época que atraiu a adesão das principais famílias miguela-lvenses que contribuíram para o erguimento do clube. Eu era menino e lembro que no início o clube era coberto de palha e cercado de talo seco de babaçu, uma cerca feita de forma caprichada. O primeiro baile aconteceu nos festejos de São Miguel Arcanjo, no dia 28 e foi animado pelo Sambrasa que na época era chamado de a explosão musical do Piauí. De lá para cá o SOREMA passou a ser um clube social de primeira grandeza não para os miguel-alvenses mas também para famílias de outras cidades vizinhas que se associaram e participavam efetivamente dos bailes. Expressões da política estadual que na época eram votados pelas lideranças políticas locais também eram frequentadores dos bailes do SOREMA.

Foto antiga do SOREMA. À frente, a quadra esportiva, ao lado a rua Coelho Neto , que dá acesso ao mercado municipal.
Foto antiga do SOREMA. À frente, a quadra esportiva, ao lado a rua Coelho Neto , que dá acesso ao mercado municipal.

Grandes bandas que na época eram destaques no cenário musical piauiense tocaram no SOREMA, nos festejos de São Miguel, nos bailes de colação de grau, nas festas de final de ano, nos carnavais memoráveis animados pela Banda santa Cecília e mais tarde no baile do havai. Além do Sambrasa, citamos também Os Cartolas, Os Magnos de Valença, Embalo Jovem, Os Gênius e tantas outras bandas. As famílias se preparavam para os bailes. Pais e filhos tinham as suas mesas reservadas. O salão ficava impecável pelo traje e a elegância dos casais e dos rapazes e moças que se misturam no embalo musical da época a discoteque e quando a banda tocava canções que excitavam o romantismo, como no woman no cry (Não chores mais) de Gilberto Gil, gosto de maçã de Wando, Negue (Maria Betânia) e outras canções.

Mas isto ficou para trás. Perdeu-se nos caminhos dos anos finais dos anos 90. De lá para cá o SOREMA teve a sua vida mudada completamente. Os sócios praticamente o abandonaram, não valorizaram um patrimônio que eles construíram com os seus próprios recursos. Hoje o que se vê é um patrimônio valiosíssimo sucumbindo com o tempo.

O SOREMA deixou de ser aquele clube social de primeira grandeza e hoje é, infelizmente, um espaço de festa que envergonha Miguel Alves. Tá na hora dos sócios fundadores, aqueles que botaram dinheiro lá, começarem a lutar pelo resgate do SOREMA. A sociedade de Miguel Alves agradece o empenho de todos. Está feito desafio.

Parabéns Teresina!

Hoje, 16 de agosto, Teresina a capital de todos os piauenses está aniversariando. E como um gesto de agradecimento  por todas as possibilidades que a nossa eterna e encantadora Cidade  Verde me proporciona, pois nela moro, trabalho e educo os meus filhos, quero homenageá-la neste dia,  exclamo com alegria SOU FILHO DE MIGUEL ALVES, TERRA QUE AMO, MAS ADORO TERESINA.Parabéns pelos seus 162 anos.

Cadê a banda Santa Cecília?

A prefeita de Miguel Alves foi duramente cobrada e criticada pela população por não ter dado atenção à da banda de música Santa Cecília, um patrimônio cultural que foi praticamente desativado. A ausência da banda foi sentida em vários eventos cívicos e em solenidade oficiais que por tradição contavam com a animação da Imaculada. Em setembro do ano passado, por ocasião da abertura dos festejos de São Miguel Arcanjo, dia 19, a ausência da banda Santa Cecília não compareceu. E a sua ausência foi sentida profundamente. Ao sentir o peso das críticas e das cobranças, a prefeita deu um jeito e conseguiu reunir alguns músicos integrantes da banda para animar os leilões do Padroeiro.

Imaginava-se que a prefeita Salete Rego fosse revitalizar a banda de música. Puro engano. A velha banda permanece calada, desativada. Uma pena, pois a Santa Cecília faz falta. Com ela o 7 de setembro, o Dia do Trabalho, o 24 de maio e os festejos de São Miguel Arcanjo ficam mais alegres.

A pergunta que não quer calar é a seguinte: será que nos festejos de São Miguel Arcanjo a banda de música Santa Cecília vai estar imponente e bela como em anos passados, no traslado do mastro e animando os leilões do nosso Padroeiro? Com a palavra sua Excelência a prefeita do município, Dra. Salete Rego. Faltam mais de um mês para os festejos. Vamos esperar pra ver a banda passar tocando coisas de amor.

Foto de Arquivo
Foto de Arquivo

Vergonha para Miguel Alves:

Vergonha I:

A entrada da cidade – quem chega em Miguel Alves se depara uma imagem extremamente negativa, que causa espanto: a buraqueira da avenida Marcos Furtado. No inverno as pessoas enfrentam a lama e no verão a poeira horrível que prejudica os moradores e os comércios que ficam na avenida. O prefeito passado não asfaltou não se sabe por qual motivo. A prefeita atual já disse não sei quantas vezes que a  avenida será asfaltada  pelo governo do estado, numa parceria com a prefeitura.  E o povo esperando.

sam_0247

Esta é a entrada de Miguel Alves
Esta é a entrada de Miguel Alves

Vergonha II

A praça Helvídio Medeiros, inaugurada em 1982 na administração do então prefeito Chico Noca, cujo nome é em  homenagem ao patriarca da família Medeiros, avô paterno da atual prefeita do município, Dra Salete Rego. Era uma praça muito bonita, bem iluminada e arborizada, que atraia as atenções das pessoas e ficou se tornou um cartão postal de Miguel Alves. Como perguntar não ofende, quero saber quando é que a prefeita Salete Rego vai mandar pelo menos capinar a praça e botar lá uns bancos novos e novas luminárias? E a entrada da cidade, quando é que vai ser ajeitada?

Isto é uma praça! Pasmem!!

Foto recente da praça Helvidio medeiros
Foto recente da praça Helvidio Medeiros
Os animais repousam tranquilos na praça, bem em frente a casa da prefeita (no fundo da foto)
Os animais repousam tranquilos na praça, bem em frente a casa da prefeita (no fundo da foto)

Assim é a política do Piaui: a família em primeiro lugar

enem-2011O escritor Laurentino Gomes, autor do Best-seller “1808”, que conta Histórias do Brasil, disse que a politica brasileira  sempre foi ligada a um pequeno grupo de pessoas. O escritor afirma que mesmo nos dias atuais é possível dividir o país em três grupos de influência com poucas famílias: Em nível nacional, estadual e municipal.

Seguindo esta ótica  e trazendo para a politica do Piauí, observamos que a política de hoje em dia que é praticada pelos grupos em evidência trabalham para dividir o estado entre as poucas famílias bastardas, uma prática que no Piauí já aconteceu em mil novecentos e antigamente. veja como está o quadro político atual na disputa deste ano:

Marido e mulher: O candidato a governador do PT, senador Wellington Dias  colocou a sua esposa, a deputada estadual Rejane Dias como candidata a deputada federal. O candidato do PMDB, governador Zé Filho, herdeiro político do ex-deputado Moraes Sousa (PMDB) (já falecido) tem a sua esposa, deputada estadual Juliana Falcão de Moraes Sousa (PMDB) como candidata a reeleição. O senador  Ciro Filho (PP), mesmo não sendo candidato investe na reeleição de sua esposa, deputada federal Iracema Portela (PP).

Mulher e marido: a deputada estadual Ana Paula (PMDB) é secretária do governo e lançou o seu marido Zé Santana (PMDB) como candidato a deputado estadual.

Irmão e irmão – a família Martins tem o ex-governador Wilson Martins (PSB) como candidato a senador e o irmão Rubens Martins (PSB), candidato a deputado estadual. Para fechar o ciclo, os dois irmãos lançaram o sobrinho, vereador Rodrigo Martins (PSB), como candidato a deputado federal. O deputado Átila Lira (PSB) apoia o seu irmão, Antonio José Lira (DEM) como candidato a deputado estadual e o prefeito de Campo Maior, ex-deputado Paulo Matins (PT) quer também botar o seu irmão, Aluísio Martins na assembleia legislativa. O irmão do deputado e secretário Warton Santos, Weimar Santos é também candidato a deputado estadual. O deputado Themístocles Filho (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa faz dobradinha com o seu irmão, deputado federal Marlos Sampaio (PRP).

Tio e sobrinhos - o candidato a governador Mão Santa (PSC) é oposição, mas é tio do governador Zé Filho (PMDB) que é candidato a reeleição. o prefeito de Teresina, Firmino Filho, apoia o seu sobrinho Firmino Paulo, que é filho do ex-deputado Sabino Paulo, como candidato a deputado estadual (PSDB).

Pai e filho – o deputado federal Julio César Lima botou o filho como candidato a deputado estadual (PSD); o prefeito de Picos, ex-dep. Kleber Eulálio lançou o filho, Severo Eulálio Neto (PMDB), como candidato a deputado estadual; o prefeito de Piripiri, ex-dep.  Odival Andrade (PSB) apoia o filho, Breno Andrade (PSB) como candidato a deputado estadual; o ex-deputado Warton Santos (PMDB) botou o filho, Pablo Santos em seu lugar, na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa, obviamente para ocupar a sua cadeira; o ex-deputado Tadeu Maia (PSB) quer renovar o mandato de deputado estadual do seu filho, Tadeu Maia Filho; o executivo governista e ex-secretário Avelino Neiva tá na luta para reeleger o seu filho, deputado estadual Gustavo Neiva (PSB).  A filha do ex-deputado Cabelouro e esposa do ex-deputado Manin Rego, Nize Rego (PSB) também é candidata a deputada estadual. Tem ainda o Flávio Nogeuira ]e Flávio  Nogueira Filho, pai e filho numa dobradinha para deputado federal e estadual respectivamente, ambos pelo PDT.

Nesta eleição os parentes mais distantes também estão no jogo: o candidato ao senado pelo PTB, Elmano Ferrer disputa a vaga do seu parente, senador João Vicente Claudino (PTB), que desistiu de concorrer à reeleição; o deputado federal Hugo Napoleão (PSD) e o candidato a deputado estadual Marcelo Napoleão também têm laços parentescos e fazem dobradinha em alguns municípios, como União, por exemplo. Tem ainda o deputado Edson ferreira (PSD) e os seus laços familiares com os deputados federal Paes Landin. A candidata a vice-governadora na chapa do PT, deputada Margareth Coelho, sucessora do esposo, ex-deputado Marcelo Coelho, que é primo da deputada federal Iracema Portela. Margareth tem laços familiares como o deputado federal Marcelo Castro (PMDB)

Pois é, assim é a política do Piauí. A família em primeiro lugar. Com o consentimento popular.

Em outros tempos isto se chamava de Oligarquia. E hoje?