Todos os posts de Assis Dutra

Seriedade e respeito naquilo que faz

Miguel Alves está entre os 88 municípios piauienses em situação de extrema pobreza

Uma matéria do portal 180 graus trata de um dado estarrecedor para o estado do Piauí que é o segundo estado da Federação com mais municípios em situação de extrema pobreza. Dos 4569 municípios citados, 88 estão no Piauí, segundo dados da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado. Os municípios em situação de extrema pobreza são aqueles em que 30% ou mais das famílias sejam classificadas como em extrema pobreza de acordo com os critérios da lei que criou o programa Bolsa-Família.

Uma particularidade desses dados me chamou atenção, e, ao mesmo tempo suscitou em mim uma preocupação como cidadão miguel-alvense. É que dos 88 municípios piauienses em situação de extrema pobreza, aparece Miguel Alves. Por que será que Miguel Alves aparece numa situação dessa? Este é um ponto que merece uma reflexão de todos os cidadãos miguel-alvenses.

Miguel Alves é um município rico. Tem água em abundância, terras férteis, com todas as condições de se desenvolver, porém não basta ter riqueza guardada no seu subsolo, é preciso ter ação e compromisso para fazer valer políticas públicas que visem superar o atraso e colocar o município na estrada do desenvolvimento. Este é o ponto X da questão.

Infelizmente, não é de hoje, o que prepondera em Miguel Alves é uma política clientelista focada tão somente no resultado eleitoral. Quem pensa e age diferente fica só, no meio do caminho, sendo chamado de bobo ou de sonhador, porque no final das contas ganha política em Miguel Alves quem grita mais alto, quem promete mais e mente mais. É este discurso que atrai, que emociona, que apaixona e que faz do político um fenômeno eleitoral.

 

 

 

Anúncios

Multidão de fiéis participa da abertura dos festejos de São Miguel Arcanjo em Miguel Alves

O tradicional levantamento do mastro marcou a abertura oficial dos festejos de São Miguel Arcanjo, padroeiro de Miguel Alves. A festa começou no final da tarde, quando milhares de fiéis acompanharam em rítimo de fé e oração, a procissão do Mastro do Padroeiro, que teve início no final da tarde de ontem, terça-feira, 19. A concentração dos fiéis foi em frente a residência do senhor Marçal Pontes, na avenida josé de Deus Lacerda, seguindo o percurso tradicional até a igreja matriz, onde solenemente o mastro foi levantado, sob o aplausos e gritos de “VIVA SÃO MIGUEL!!.

Hoje, quarta-feira, 20, segue a programação religiosa e social dos festejos, com a primeira novena, às 19 horas e logo após a novena o primeiro leilão na barraca de São Miguel que este ano retornou ao Abrigo que voltou a ser administrado pela paróquia.

Confira o registro fotográfico feito pela PASCOM – Pastoral de Comunicação da Paróquia de São Miguel Arcanjo – Miguel Alves:

 

A chegada do Mastro de São Miguel em Miguel Alves

O Mastro de São Miguel Arcanjo chegou na cidade de Miguel Alves no final da tarde deste domingo, 17, portanto, dois dias antes da abertura oficial dos festejos. O mastro veio  localidade Caraíbas, zona rural do município, conduzido por um grupo de homens, coordenado pelo José Antonio Senhor.

As fotos da Pascom – Pastoral de Comunicação da Paróquia de São Miguel Arcanjo registram momento da chegada do mastro, sob as bênçãos do Padre Jailton Pinheiro e a carreata que foi realizada com o pelas principais ruas de Miguel Alves.

O “levantamento do Mastro” marca início dos festejos de São Miguel Arcanjo em Miguel Alves

O marco inicial dos festejos de São Miguel Arcanjo é tradicional o levantamento do Mastro, um evento belíssimo que acontece no dia 19 de setembro, reunindo milhares de pessoas de todas as idades e de todos os recantos do município.  O tema deste ano dos festejos será: ALEGRIA DE SER CATÓLICO, AMO MINHA IGREJA.

Este ano, o padre Jaílton Pinheiro, juntamente com o Padre José Nery e Comissão Organizadora dos festejos prepararam uma programação de abertura que tem início neste domingo, 17. Veja como será a festa de abertura dos festejos.

Abertura:
 Acolhida do mastro dia 17/09 às 17 h na casa Sr. Marçal Pontes.
 Espiritualidade 18/09 às 19h com Equipe do Festejo;
 Sarau dia 18/09 às 19h30min (Anfiteatro Próximo a Igreja);
 Alvorada e Oração de Abertura: dia 19/09 às 6 horas da manhã;
 Procissão de Abertura e Translado do Mastro: dia 19, terça-feira,;às 17:30h, saindo da residência do Sr. Marçal Pontes e percorrendo as principais ruas e avenidas da cidade.

Do dia 20/09 a 28/09, todas as noites, a partir das 19:00h são celebradas as Novenas de São Miguel Arcanjo na Igreja Matriz. Após as novenas acontecem os tradicionais leilões. Este ano tem uma novidade, a barraca de São Miguel volta a funcionar no Abrigo, que a partir deste ano volta a ser da Paróquia de São Miguel Arcanjo, conforme acerto entre o Padre Jailton Pinheiro e o prefeito Oliveira Junior.

“Além da queda, o coice”

Além de estarem  3 meses sem receber salário, os bolsistas da prefeitura de Miguel Alves agora estão sendo admoestados pelos integrantes da gestão municipal, que chegam nas escolas avisando aos bolsistas que o prefeito vai pagar os atrasados,  porém,  fazem uma advertência em tom de ameaça: quem ficar falando demais sobre salário atrasado será demitido.  Como se dizia lá na Santa Júlia, “a bem da Inácia”. Quero crer que o prefeito não tenha determinado isto. Ouso acreditar até que este recado dado aos bolsistas da educação seja apenas uma invenção de alguns auxiliares da gestão na ânsia louca de agradar e defendê-la, movida por um fanatismo incomum.

Enquanto isso, o jornalista Feitosa Costa da TV Antena 10 e um dos integrantes da Bancada Piauí, fez rasgados elogios ao prefeito Oliveira Junior e ao secretário de educação do município, professor Ely Sandro Vaz. Segundo o jornalista,   o prefeito e o seu secretário estão fazendo um grande trabalho na educação municipal. Estão dando prioridade absoluta à educação.

Pois bem, faltou o renomado jornalista dizer algumas verdades, como por exemplo: que esta mesma gestão tão enaltecida por ele, está há três meses sem pagar os bolsistas da educação; que esta gestão que se mostra preocupada com a qualidade dos professores,  até hoje não pagou o abono férias da categoria. Faltou ao jornalista dizer que o transporte escolar não está tão bem assim como ele deixou transparecer no seu hilário comentário. Talvez o jornalista não saiba que atualmente cerca de 2 mil alunos em Miguel Alves, estão sem ter como ir pra escola porque os ônibus estão parados, pois não recebem o pagamento há 3 meses. Isso sem falar nos ônibus velhos que aqui e acolá quebram, deixando os alunos no meio da viagem, como já mostramos neste blog em matéria anterior.

De fato a gestão de Miguel Alves até o momento não saiu do campo das preocupações, e o que se vê são pequenos detalhes que deixam as pessoas pensando e se perguntando: é verdade mesmo o que tá acontecendo? Entretanto, não podemos esquecer que nada acontece por acaso na Terra do Arcanjo Miguel. O povo quis assim. Que seja feita a sua vontade.